Home

Audiência Pública debate atuação do DNPM
26/08/2015

O presidente da ABIROCHAS, Reinaldo Dantas Sampaio, recebeu convite do Senador Garibaldi Alves Filho, presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal, para participar de audiência pública, atendendo ao Requerimento nº 47, de 2015-CI, de autoria do Senador Ricardo Ferraço. A audiência será realizada no dia 02.09.2015, às 08:30 horas no Plenário nº 13 da Ala Senador Alexandre Costa, Anexo II do Senado Federal, e terá por objetivo debater a atual situação do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) quanto ao seu funcionamento, estrutura e capacidade de resposta às numerosas demandas do setor de rochas ornamentais. Para a audiência foram também convidados Celso Luiz Garcia,  Diretor-Geral do DNPM; Carlos Nogueira da Costa Júnior, Secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia; José Antônio Guidoni, Presidente do Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais (CENTROROCHAS); Tales Pena Machado, Presidente do Sindicato da Indústria de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Estado do Espírito Santo (SINDIROCHAS). 


Leia mais …



O Brasil que todos queremos (2)
20/08/2015

A ABIROCHAS e a comunidade empresarial e laboral do setor vêm acompanhando, com grande apreensão, o desenrolar da crise política e da crise econômica em curso, e se faz solidária ao teor dos documentos publicados pelas entidades nacionais representativas do setor empresarial e pelo documento assinado pelo coletivo de sindicatos do Estado de São Paulo.

Há uma crise mundial, não somente econômica, mas também social e política, que se prolonga por quase oito anos, afetando duramente as principais economias do mundo e suas respectivas sociedades – o Brasil entre elas –, e que não dá sinais de arrefecimento. Nem as ditas lideranças mundiais ainda não apontaram os caminhos, nem a estratégia realista para a sua superação.

O Brasil reúne condições reais e potenciais para superar os desafios do crescimento e do desenvolvimento inclusivo, somente possível em um ambiente de serenidade, de equilíbrio e de responsabilidade por parte daqueles a quem a sociedade brasileira confiou o destino do país. 

Os interesses do Estado-Nação, portanto do seu complexo produtivo e do conjunto da sociedade, se sobrepõem a qualquer interesse individual ou de parcela da sociedade, ainda que legítimos; todos devem subordinar-se ao imperativo dos interesses do país e estes requerem as medidas e atitudes exigidas e transcritas nos documentos a seguir reproduzidos.

Ainda que solidária com os documentos apresentados, a ABIROCHAS propõe uma agenda mínima de prioridades centrada em pontos que reflitam, se não o consenso entre os atores da economia e da política – sempre mais difícil de obter-se nos regimes democráticos –, bem como contemplem parte da agenda atual, que trata da racionalidade tributária, dos aprimoramentos das relações coletivas de trabalho e dos investimentos em infraestrutura. 

Brasília, 20 de agosto de 2015

Reinaldo Dantas Sampaio

Presidente da ABIROCHAS


Leia mais …



O Brasil que todos queremos
13/08/2015

O Brasil vive um momento grave e complexo. É preciso evitar que a crise se aprofunde e torne ainda mais difícil a superação dos problemas.

Há um problema de confiança que mina as decisões dos indivíduos e empresas e aprofunda a recessão. O impasse político imobiliza o País, paralisa decisões, eleva custos e gera incertezas sobre o futuro. O País está sendo derrotado pelo pessimismo.

A responsabilidade de reverter esse quadro e gerar uma agenda é de todos. É papel do sistema político construir soluções e atuar de forma que os impasses sejam superados. O Brasil já enfrentou outros momentos difíceis e graves. E soube enfrentá-los.

Este ambiente penaliza trabalhadores, empresas e consumidores. A indústria tem sua capacidade de produzir, investir e gerar emprego e renda comprometida.

O momento é de chamar todos à responsabilidade. É preciso que todas as forças políticas adotem ações efetivas para o Brasil voltar a crescer. É preciso que o Congresso e o Executivo convirjam e se mobilizem para viabilizar uma agenda para o fortalecimento da economia. Temos que prosseguir com o reequilíbrio fiscal e as reformas estruturais. É preciso que o Judiciário siga cumprindo seu trabalho constitucional com firmeza e independência e que não perca de vista a preservação das empresas, responsáveis pela geração de emprego e renda.

Não podemos assistir passivos à deterioração do País. O atual ambiente precisa ser transformado.

A indústria brasileira propõe um diálogo com os Poderes da República e a sociedade para buscar soluções e construir uma agenda em favor da modernização institucional, política e econômica do País. Precisamos mirar no que é mais importante e trabalharmos para a construção de um Brasil democrático e próspero.

CNI - Confederação Nacional da Indústria


Leia mais …



Balanço das Exportações e Importações de Rochas no 1º Semestre de 2015
10/07/2015

As exportações brasileiras de rochas ornamentais somaram USD 615,78 milhões e 1.138.111,8 toneladas no 1º semestre de 2015, com variação negativa de respectivamente 2,08% e 12,63% frente ao mesmo período de 2014. Esta variação negativa é devida à queda das vendas para a China. As exportações de rochas processadas tiveram um incremento de 13,18% no faturamento e de 7,75% no volume físico, evoluindo respectivamente para USD 509,6 milhões e 681,7 mil toneladas. Em volume físico, as exportações de rochas silicáticas brutas recuaram 31% e as de rochas carbonáticas brutas recuaram 63,5%.


Leia mais …



  • Fornecedor cadastre-se

    Torne-se uma empresa parceira da ABIROCHAS. Conheça as vantagens, benefícios e preencha o formulário de cadastro on-line. Clique aqui.

  • Balança Comercial do Setor de Rochas

    • Período: 01 - 07 / 2015
    • Exportação: US$ 744.607.411,00
      Importação: US$ 27.085.318,00
      Saldo: US$ 717.522.093,00
    • Variação em relação ano anterior (%)
      Exportação: -1,94%
      Importação: -35,50%
    • Clique aqui para ver a planilha
  • Newsletter

    • Receba nossos informativos:
      NOME
      E-MAIL
  • Comunidades Sociais